Gripe e Resfriado são a mesma coisa?

noticia

Gripes e resfriados são condições comumente confundidas e que muitos acham até mesmo se tratar da mesma coisa. Mas, existem sim diferenças, e não são poucas. É muito importante ter consciência no que se difere, com o objetivo de tratar com mais eficiência a doença. Uma questão que também é importante: quando uma gripe atinge um estado crítico e precisamos urgentemente de uma ajuda médica? Esta dúvida é recorrente e abre espaço para um senso comum que ameaça a vida de muitas pessoas que acreditam que uma “simples gripe” não precisa do diagnóstico de um médico especialista.

Então, qual a diferença prática das doenças? Simples: a gripe é uma doença causada pelo vírus Influenza. O resfriado  também é uma doença viral, entretanto, causada por vírus diferentes. Os mais comuns  são os rinovírus, os vírus parainfluenza, o adenovírus e o vírus sincicial respiratório (VSR), que geralmente atinge as crianças.

O que cada uma pode causar?

Outra diferença prática é o nível de intensidade, duração e quais complicações as doenças podem desenvolver. A gripe, em muitos casos, faz o corpo “sofrer” mais, com febre alta, muita dor muscular e fortes dores na garganta. No resfriado, é possível sentir estes sintomas, mas de forma muito mais branda e amena. A gripe tem duração geralmente maior que a do resfriado, normalmente de 7 a 10 dias. Por fim, a gripe pode causar complicações mais graves, como a pneumonia. No caso do resfriado, são mais comuns a ocorrência de otite, rinossinusite ou bronquite.

Procure um médico

É aí que mora o perigo, como na maior parte dos casos a cura da gripe ou do resfriado são espontâneas, muita gente não se preocupa e acha desnecessário procurar ajuda médica. Mas, como vimos, em alguns casos, complicações como pneumonia e insuficiência respiratória podem ocorrer (mais especificamente da gripe). Se a gripe ou o resfriado persistirem por mais de 7 a 10 dias, isto pode ser um indicativo de complicação e é importante procurar um médico especialista.

Tratamento

Durante o tratamento, são utilizados remédios para aliviar os sintomas do paciente. O repouso e o consumo de líquidos também são uma ótima alternativa para ajudar na melhora do quadro.

Para o tratamento do resfriado, utilizamos medicamentos como analgésicos, descongestionantes, remédios para aliviar a tosse, enquanto em alguns casos de gripe são indicados o uso de medicamento antiviral.

Importante: a imunização contra o vírus da gripe deve ser sempre realizada!